quarta-feira, 27 de agosto de 2008

Conversa de Elevador

Inevitável não relatar, hoje pela manhã, dois tiozinhos conversando no elevador:

- E aí, tem falado com a fulana?
- Não, não tenho! Parece que ela tá com o Astengo agora!
- Com o Astengo? Largou o borracheiro aquele então?
- Se largou não sei, mas tá com o Astengo!

segunda-feira, 11 de agosto de 2008

O homem que falava menas

O que dizer sobre o homem que falava menas a não ser o fato de que ele falava menas. Simplesmente insuportável, mas fazer o que se era o chefe. Um dia em uma reunião de negócios concluiu dizendo: “Então, com base nos dados apresentados, sugiro investir menas no produto A e mais no produto B”. Aplausos!

Ao final da tarde saíamos para comemorar os resultados num barzinho em frente ao escritório. Em pleno happy hour lá estava ele dizendo: “Garçom, essa cerveja estava menas gelada que a anterior, a próxima tem que vir estúpida”. E assim acontecia uma sucessão de menas pra lá e pra cá. Durante o almoço “Hmm, acho que precisa um pouco menas de sal na comida”. Sobre o churrasco da empresa “Estavam todos lá, menas o Paulo”.

Quando seu hábito já estava se tornando socialmente prejudicial, conheceu a mulher que falava seje. A paixão não foi nem um pouco instantânea. Ele tinha muitos defeitos, mas ela resolveu se dar uma chance dizendo seje o que Deus quiser. E ela estava longe do ideal, mesmo assim os dias ficaram menas tristes ao seu lado.