quinta-feira, 2 de julho de 2009

Quando todo dia é segunda-feira!

Sonhos são bizarros. Tem gente que sonha coisas concretas, tem gente que sonha devaneios, tem gente que sonha desejos.
Mas a pior coisa é sonhar com o trabalho. Porque quando o sonho acaba, o trabalho está recém começando. Você tem a sensação de estar aprisionado no “Dia da Marmota”.
Esses dias sonhei que estava fazendo quarenta anos de idade no emprego (tenho 29). Não sei o que era pior: estar fazendo 40 anos ou estar fazendo 40 anos na mesma empresa, com as mesmas pessoas, as mesmas paredes e quadros e, incrível, o mesmo vale-presente que sempre dão de aniversário.
Acordei deprimido. E ainda tinha uma segunda-feira inteira pela frente.